FAQ - Perguntas frequentes

1) Por que a Comunidade é importante para a pesquisa Arqueológica?

     A Pesquisa Arqueológica é feita em conjunto com toda a comunidade. Estudamos a história dos povos que ocuparam uma determinada região no passado - sua relação com o espaço, a Paisagem Natural que foram construindo, toda história que viveram e os vestígios que deixaram. Não podemos isolar no tempo essas descobertas. A comunidade que mora nessas regiões atualmente também participa das mudanças deste cenário, relacionam-se com toda essa história, que faz parte de sua própria. Os estudos feitos e todo conhecimento construído diz respeito diretamente a toda sociedade, ela participa nessa construção, são todos atores sociais.


     Trata-se do conceito de Arqueologia Pública, ou seja, trabalhamos com uma abordagem que enfatiza o relacionamento entre a pesquisa e o manejo de bens culturais e os grupos sociais interessados, focando em promover a participação da sociedade na gestão de seu Patrimônio Arqueológico, Histórico e Cultural. Um de seus benefícios é contribuir para o fortalecimento dos vínculos existentes entre a comunidade e seu passado, ampliando o interesse da sociedade sobre o patrimônio e criando, paralelamente, a sustentação necessária para as medidas de preservação.


     Buscamos sempre, por meio de uma perspectiva sócio ambiental, reforçar o envolvimento da comunidade na valorização de seus Patrimônios.

2) Como a Comunidade pode contribuir na preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro?

     Os Patrimônios são um bem de toda a sociedade, logo cabe a todos nós contribuir para sua conservação e preservação. Olhe algumas dicas de como:


- Preservar os bens patrimoniais edificados de seu município;

- Transmitir as manifestações, expressões e tradições culturais aos mais jovens, buscando garantir sua continuidade;

- Informar, divulgar e agir buscando a proteção e conservação deste Patrimônio, junto ao poder público;

 - Contribuir na identificação e registro do Patrimônio Material e Imaterial, visando integrá-los à memória nacional.

3) Qual órgão responsável pela proteção do Patrimônio Nacional?

     No Brasil, o Patrimônio Arqueológico, Histórico e Cultural é fiscalizado, protegido, restaurado e preservado pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Vinculado ao Ministério da Cultura, ele é responsável por preservar a diversidade das contribuições dos diferentes elementos que compõem a sociedade brasileira e seus ecossistemas, preservando, divulgando e fiscalizando os bens culturais brasileiros, bem como assegurando a permanência e usufruto desses bens para a atual e as futuras gerações.

Para acessar o site do IPHAN, clique aqui.

Contato

DOCUMENTO Patrimônio Cultural - Arqueologia Antropologia

atendimento@documentocultural.net

Skype: doc.atendimento
Rua Alcides Mendes Barros nº 116 Jd. Leopoldina - Carapicuiba - SP CEP: 06382-330

(11) 4187 - 4608
(11) 4188 - 9800

Procurar no site

DOCUMENTO Patrimônio Cultural - Arqueologia e Antropologia© 2009

Desenvolvido por Webnode