Âncoras centenárias são encontradas fincadas na Praça Mauá

14-05-2012 12:03

 

RIO - Em obras desde o ano passado, a região da Zona Portuária não para de revelar preciosidades do passado da cidade. As últimas peças encontradas por operários do projeto Porto Maravilha foram três âncoras, medindo entre 3,5 e 4,3 metros, que estavam no subsolo da Praça Mauá e, de acordo com as primeiras avaliações, datam do século XIX. Achadas em abril, as âncoras ainda não tinham sido exibidas ao público.
 
Segundo a chefe do programa de arqueologia do Consórcio Porto Novo, Erika Gonzalez, as âncoras, juntamente com um canhão do século XVIII e três balas de canhão da mesma época, foram os achados mais significativos recolhidos por sua equipe até o momento. Ao longo dos trabalhos, já foram encontradas centenas de peças, a maioria dos séculos XVIII e XIX. Um garimpo que, somente no que diz respeito à área pesquisada pela equipe do consórcio responsável pelas escavações, compreende cerca de cinco milhões de metros quadrados na região do porto.
 
Acompanhe a Notícia na íntegra através do Site o Globo clicando aqui.

DOCUMENTO Patrimônio Cultural - Arqueologia e Antropologia© 2009

Desenvolvido por Webnode