Instituto Olho D´Água: Sustentabilidade em Cultura

01-05-2013 12:37


 

    A DOCUMENTO Ecologia e Cultura apresenta mais uma iniciativa que consolida seu expertise em gestão de Patrimônio Cultural. Diante da necessidade de se construir um novo cenário em Coronel José Dias, na zona semiárida do sul do Piauí, que surge em conjunto com a comunidade local o Instituto Olho d’ Água. Uma associação sem fins lucrativos, que busca criar uma nova trajetória de reposicionamento da cultural tradicional, plasmada nos modos de vida dessa população, aliada a preservação do patrimônio cultural e ambiental herdado dos povos pré-históricos em exposição a céu aberto no Parque Nacional Serra da Capivara.  Para tanto, a iniciativa visa conciliar a preservação do Meio Ambiente Cultural com atividades empreendedoras que promovam a inclusão da comunidade.

 

    A proposta da criação do Instituto ganhou forma na Think Tank Documento Cultural que é responsável por conceber e discutir as abordagens mais adequadas na implementação de projetos que visem a construção de uma rede social empreendedora formada pela sociedade civil organizada, por lideranças comunitárias, pelos poderes públicos e empresas. A Think Tank busca conceber o conhecimento e valorizar outros saberes que pareciam alheios ao universo científico. Uma das abordagens que verificou-se a aderência na a região do entorno do Parque Nacional da Capivara foi a exploração de um Patrimônio Cultural a partir da perspectiva da comunidade local.  A proposta do Instituto é aproximar e criar um contexto de inclusão social e de acesso ao conhecimento para a comunidade de Coronel José Dias e municípios envoltórios na apropriação desse patrimônio.
 

    Verificou-se junto á comunidade a necessidade de construção coletiva de uma relação sustentável entre sociedade e espaço. As comunidades dessa região são herdeiras diretas desse patrimônio. São detentoras da memória do território dos povos tradicionais e é através dela é que se conhece a cultura desse lugar. Tendo em vista o enorme potencial do Patrimônio Cultural de Coronel José Dias que o Instituto trabalha a Gestão do Patrimônio Cultural como um caminho para o desenvolvimento social e econômico sustentável.  A Think Tank Documento Cultural entende que o debate social sobre a gestão do Patrimônio Cultural é também um debate sobre seu desenvolvimento e futuro. Tornar o Patrimônio cultural de uma comunidade seu vetor de desenvolvimento é significa promover transformação social através de elementos legítimos que consolidem um planejamento verdadeiramente Sustentável de desenvolvimento.
 

    Acesse o blog e participe: http://documentoculturalolhodagua.ning.com

 

 

DOCUMENTO Patrimônio Cultural - Arqueologia e Antropologia© 2009

Desenvolvido por Webnode